Volume
Rádio Offline
Dinheiro extra: onde vender meus eletrodomésticos usados?
08/06/2022 20:17 em Atualidade

Fique de olho nas dicas e não caia em golpes

Em tempos de custo de vida alto, boletos fazendo fila para serem pagos e gasolina na estratosfera, um dinheiro extra é mais que bem-vindo. Neste cenário, muita gente está aderindo à compra de eletrodomésticos usados, por falta de recurso para adquirir um equipamento novo. Quando se fala em sustentabilidade e economia de recursos naturais, comprar e vender eletrodomésticos usados é uma ótima solução, pois, além de movimentar a economia, resolve o problema de quem precisa de um e de quem já não precisa mais deles. Quer vender algum eletrodoméstico seu, mas tem medo de golpes? Fique de olho em como fazer isso com segurança.

 

Lojas de usados

A primeira opção é vender em lojas físicas de produtos usados, mas o valor de venda nesses casos não é muito grande, já que eles ainda precisarão adicionar a comissão. Para quem tem pressa em receber o dinheiro, ou não tem onde guardar o eletrodoméstico, pode ser uma boa opção, além de correr léguas de golpes, que acontecem muito neste mercado. 

 

Desapego pela internet

Para quem tem tempo para esperar, a melhor opção para conseguir vender o eletrodoméstico por um preço bom é utilizar as ferramentas da internet para isso. A primeira atitude é fazer uma pesquisa de mercado, considerando o valor de um novo, e também comparar com outros usados que estão à venda na rede. 

 

Caprichar na fotografia é uma dica que vale ouro, pois as pessoas querem informação e detalhes; quanto mais detalhada for a descrição, mais fácil você irá fechar negócio. Neste mercado de venda de usados, existe muita negociação, então ao definir o valor de venda, não se esqueça que pode precisar negociar com o cliente. Não se esqueça de divulgar em todas as suas redes sociais e grupos de WhatsApp, encaminhando o link da plataforma onde está vendendo seu eletrodoméstico.

 

Dicas para anunciar na internet

As opções de plataformas são muitas, mas as mais usadas e confiáveis são OLX, Mercado Livre, Facebook Marketplace e Enjoei. O processo é semelhante em ambas: é preciso cadastrar e validar informações do vendedor e também do produto, como fotos, preço e descrição, e aguardar que o anúncio seja publicado. O contato com os interessados se dá por meio do chat da própria plataforma, e em alguns casos, o pagamento também. Quando o aplicativo faz o intermédio do pagamento, facilita no quesito segurança, e também há casos que o comprador pode até pagar e dividir no cartão, com várias opções de cartões, como Visa Infinite e outros que são muito usados. No caso da OLX, o pagamento é feito por fora da ferramenta, por isso é importante ficar muito ligado em possíveis golpistas.

 

Fuja de golpes

Todos os dias, os noticiários contam histórias de golpes em sites de compra e venda de usados, e isso pode trazer muita insegurança. Por isso, todo cuidado é pouco. Se combinar com alguém para ver o eletrodoméstico na sua casa, não o receba sozinho. Não entregue produto algum sem o pagamento completo. Para garantir que o pagamento entrou, acesse sua conta imediatamente, via aplicativo, e não aceite apenas o comprovante de pagamento do comprador.

 

Dica esperta

Se o seu eletrodoméstico estiver precisando de conserto, é interessante que você conserte antes de vender, deixe-o o mais apresentável possível. Isso irá aumentar suas chances de vender por um preço atrativo.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE